Saúde

Índice de pacientes soropositivos sobe 62% em Cianorte, diz Saúde

Após dois anos mantendo-se dentro da média, o índice de pacientes portadores do vírus HIV, medido pelo Ciscenop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Centro Noroeste do Paraná), mostra que nos últimos quatro anos houve um aumento de 62% no registro de novos casos em Cianorte. Taxa que ficou a frente de cidades como Cascavel (18%) e Paranavaí (38%).

Os dados, segundo a UDM (Unidade Dispensatória de Medicamentos) da instituição, podem ser ainda maiores, uma vez que entram na relação somente os pacientes diagnosticados e que fazem acompanhamento clínico, com exames de rotina.

Autoridades competentes se dizem preocupadas com o surgimento expressivo de novos diagnósticos. Visto que por ano cerca de 30 novos casos são registrados na cidade.

No acumulado geral, já iniciaram o tratamento médico no Ciscenop mais de 200 pacientes de 2011 até agora. “O mais alarmante é que os novos diagnósticos têm surgido entre jovens, homens de 18 a 25 anos. Sendo a maioria, homossexuais”, comenta a farmacêutica responsável da UDM do Ciscenop, Adriana Altrão.

O aumento de diagnósticos positivos do HIV em Cianorte também ficou acima da média nacional, como mostra um relatório divulgado neste ano pela Unaids (Programa das Nações Unidas para HIV e Aids).

O levantamento revela que o número de infecções com o vírus aumentou 11% no Brasil entre 2005 e 2013, indo na contramão da média global, que apresenta queda.

PREVENÇÃO X DESCUIDO

Adriana lembra que o uso da camisinha ainda é o principal fator de prevenção contra o vírus. E o aumento expressivo nas estatísticas demonstra que os jovens tem tido uma vida sexual ativa mais cedo, porém, sem uso de preservativos.

“As pessoas passaram a ver o vírus como uma doença crônica qualquer. No entanto, elas não se dão conta de que é uma doença infecto contagiosa que pode levar à morte”, salienta a farmacêutica.

DOENÇAS OPORTUNAS

Ela explica ainda que o diagnóstico precoce da infecção torna o tratamento mais eficaz e coíbe o surgimento de doenças oportunas como a tuberculose - principal patologia que acomete pacientes soropositivos.

“A pessoa portadora do HIV que realiza o acompanhamento médico, tem as chances de desenvolver a Aids reduzidas”, lembra Adriana.

TESTE RÁPIDO

Em Cianorte, a Secretaria de Saúde oferece os testes rápidos na unidade CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento). O resultado do exame é instantâneo e sigiloso. Em caso de diagnostico positivo o paciente é orientado a iniciar o tratamento com medicamento - serviço gratuito oferecido pelo SUS.

 

Weslle Montanher

Em Cianorte, a Secretaria de Saúde oferece os testes rápidos na unidade CTA