Cidades

Homem de 36 anos é a 9ª vítima de acidente na PR-323 em 2018

Morador de Sarandi morreu no sábado em uma colisão com um caminhão, próximo a Jussara
["V\u00edtima de acidente tinha 36 anos e era morador de Sarandi ","",""] (Foto: DIVULGAÇÃO PRE)

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou mais um grave acidente na PR-323 neste fim de semana. Na tarde de sábado (20), por volta das 18 horas, um veículo Gol com placas de Sarandi foi atingido na lateral, depois de rodar na pista, por um caminhão carregado de tratores. O acidente ocorreu no km 196, entre Jussara e o trevo de acesso ao distrito de Malu. O motorista do carro, identificado como Junior Rogério Rodrigues Machado, de 36 anos, morreu na hora.

De acordo com o motorista do caminhão, que seguia em sentido a Maringá, o veículo Gol vinha no sentido contrário quando perdeu no controle durante uma ultrapassagem no final da terceira faixa. Depois de rodar na pista, foi atingido pelo caminhão, que não conseguiu frear, e arrastado por alguns metros.

A vítima ficou presa nas ferragens e precisou ser retirada por equipes do Corpo de Bombeiros. O Samu também esteve no local, mas apenas constatou o óbito. O corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão. O motorista do caminhão, de 63 anos, não se feriu. A carreta tinha placas de Não-Me-Toque-RS.

Junior foi a nona vítima de acidentes registrados na PR-323 em 2018, na região de Cianorte.

DUPLICAÇÃO

Na última quinta-feira (18), a TRIBUNA questionou o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) sobre o início das obras de duplicação da rodovia, anunciado pela governadora Cida Borghetti no início do mês.

Em nota, o órgão informou que “após a homologação da concorrência e assinatura de contrato, no último dia 3 de outubro, o DER-PR emitiu a ordem de serviço autorizando o início dos trabalhos neste trecho [20,7 quilômetros, entre Paiçandu e Doutor Camargo]”.

Ainda segundo o DER-PR, a limpeza na pista já foi iniciada e o órgão “aguarda a vencedora da licitação apresentar o plano de trabalho para definir o cronograma da obra. Nos próximos dias, a empresa irá iniciar a instalação do canteiro de obras”.

O Governo do Paraná vai investir R$ 73,2 milhões na obra, que será executada pela empresa mineira Torc Terraplanagem, Obras Rodoviárias e Construções Ltda. A duração prevista é de dois anos.

Paralelamente, o trecho de 61,8 quilômetros entre Paiçandu e Cianorte está passando por obras de recuperação emergencial que devem se estender até março do ano que vem, quando termina o prazo de conclusão da obra. O investimento é de R$ 27,2 milhões. Além da recuperação do pavimento, estão previstos serviços de drenagem e implantação de sinalização horizontal, de acordo com o DER-PR.