Cidades

Grupo Morena Rosa compra Iódice, contrata 168 e prevê mais 150 empregos

Previsão é que mais 150 profissionais sejam contratados até o fim do primeiro semestre nas unidades do grupo na região
Lucas Franzato, Marcos Franzato e Eduardo Franzato na coletiva de lançamento da marca realizada nesta terça-feira (9).

O Grupo Morena Rosa comprou no início deste ano a marca paulista Iódice, que passou a ser desenvolvida e produzida em Cianorte. Com a nova aquisição, a Morena Rosa já contratou na cidade 168 novos profissionais. E a previsão é que outros 150 empregos diretos sejam gerados até o fim do primeiro semestre, além das contratações indiretas em todas as plantas industriais do grupo na região. Os valores do negócio não foram divulgados pelos executivos da empresa.

Para o fundador da empresa, Marcos Franzato, a nova aquisição pode trazer grandes benefícios para a cidade. “Com a compra da Iódice nós geramos emprego, renda e conseguimos movimentar a cidade. É muito prazeroso ver a empresa crescendo, porque nós trabalhamos com amor e com vontade de fazer bem feito”, afirma Franzato.

A Íódice conta hoje com oito lojas, entre próprias e franquias, um e-commerce e seus produtos podem ser encontrados em mais de 200 lojas multimamarcas no país. “Nossa perspectiva é quadruplicar a nossa quadriplicar a presença da Iódice no médio e longo prazo”, disse Lucas Franzato, CEO do grupo.

A marca nacional foi fundada em 1987 em São Paulo. De acordo com o novo diretor da Iódice, Eduardo Franzato, a grife é a primeira de abrangência nacional que se estabelece em Cianorte. “A Iódice possui 60% das vendas nas capitais, diferente das outras marcas do Grupo Morena Rosa que têm a maioria dos seus clientes no interior. É uma marca diferente que vem para complementar as nossas”, diz Eduardo Franzato.

DOS EUA PARA CIANORTE

Antes da aquisição, a produção das peças da Iódice estava sendo feita nos Estados Unidos. Quem ficará à frente da operação da marca será Eduardo Franzato, irmão de Lucas e que já estava no comando da Lebôh.

A ideia é manter o DNA premium da Iódice, voltado para as classes A e B, é aperfeiçoar a produção e administração da nova grife, usando a estrutura física já existente do Grupo, minimizando despesas. Já neste ano, 172 pessoas foram contratadas para a fábrica em Cianorte.

"É uma das principais marcas ícones da moda brasileira, a que mais participou das edições do São Paulo Fashion Week. Então, o desafio é manter o DNA da marca Iódice, mas trazendo também jovialidade e inovação para ela, com todo o nosso conhecimento de fábrica própria, de buscar cada vez mais qualidade para o produto", afirma Franzato."

Com a nova aquisição, agora são cinco marcas incluídas no portfólio do Grupo Morena Rosa: Morena Rosa, Maria.Valentina, Zinco, Lebôh e Iódice. “Nosso maior desafio é manter a essência da Iódice e trazer uma nova roupagem”, ressalta Eduardo. Em Cianorte, já foi estabelecido um novo polo industrial, com novos profissionais e estrutura física para comportar a marca.

O Grupo Morena Rosa trabalha com mais de cinco mil multimarcas e está presente em mais de 1,6 mil cidades brasileiras. A Iódice já possui a nova coleção outono/inverno 2019 produzida pelos profissionais de Cianorte. Os produtos serão comercializados em lojas multimarcas que já trabalham com o Grupo ou com a Iódice. A Morena Rosa foi fundada 1993 em Cianorte.