Cidades

Governo entrega casas e garante asfalto em 85% das ruas de Cidade Gaúcha

Programa habitacional do Estado já atendeu 100 mil famílias com “casa própria”
Residencial Palmital é a realização do sonho da cada própria para 184 famílias de Cidade Gaúcha (Foto: JAELSON LUCAS ANPR)

O município de Cidade Gaúcha, recebeu nesta sexta-feira (14) um empreendimento habitacional que atende a 184 famílias. O governador Beto Richa fez a entrega das chaves para os novos moradores do Residencial Palmital.

Richa também autorizou R$ 3 milhões para a prefeitura pavimentar e fazer recape em ruas da cidade. Além disso, o governador repassou viaturas policiais para Cidade Gaúcha e para os municípios de Tapira e Rondon.

No evento, o governador ressaltou a importância do programa habitacional do Estado, salientando que é a maior da história. “São 80 mil moradias, das quais 13 mil rurais. Somando regularização fundiária e urbanização de áreas, chegamos a mais de 100 mil famílias atendidas”, disse Richa.

Ele também destacou a abrangência das ações do Estado para levar novas moradias para todo o Paraná. “Temos projetos em todos os municípios, que vão garantir às famílias uma vida melhor, mais segura e mais digna”, afirmou.

O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, disse que o desempenho do Paraná nesta área faz da Cohapar um destaque nacional. “Isso só é possível porque habitação é prioridade do governo estadual”.

FIM DO ALUGUEL 

O casal Elias Macedo (39) e Juliana Rocha (33), como a maioria das 184 famílias do Residencial Palmital, pagava aluguel. A partir deste mês, o dinheiro irá para as prestações da casa própria. “Agora é um investimento, uma moradia que vai ficar para os nossos filhos”, disse Elias. As prestações variam entre R$ 280 a R$ 390 ao mês, valores menores do que a média do aluguel na cidade.

O Residencial Palmital, de R$ 11,9 milhões, foi financiado com recursos do FGTS e construído em um trabalho integrado do Governo do Paraná com o Governo Federal e prefeitura, dentro do programa Minha Casa Minha Vida. Os valores acessíveis da prestação são possíveis graças aos subsídios do programa e as contrapartidas estadual e municipal.

ASFALTO 

Dos R$ 3 milhões que serão investidos em melhoria urbana, R$ 1,5 milhão é a fundo perdido, pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano, e mais R$ 1,5 milhão financiado pelo Governo do Estado.

O prefeito de Cidade Gaúcha, Alexandre Lucena, explicou que as obras de recape asfáltico serão feitas em 22 ruas de diversos bairros. Já a pavimentação faz parte do projeto de alcançar 100% de asfalto no município. “Com esse recurso liberado hoje chegaremos a 85%”, disse ele.

“Temos uma relação ótima com o Governo do Estado. Além dos recursos liberados hoje, foram repassados recentemente R$ 240 mil para compra de duas vans para o transporte de pacientes”, contou.

PRESENÇAS

Participaram da solenidade os deputados estaduais Jonas Guimarães e Luiz Claudio Romanelli, o gerente da Caixa Econômica Federal em Cidade Gaúcha, Erasmo César Ribeiro Martins; o coordenador da regional da Cohapar em Umuarama, Nelson Bigeski, e o presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais de Cidade Gaúcha, Edson Aparecido Passamani Lucena.

ALTO PARANÁ 

Quarenta famílias de Alto Paraná, no Noroeste do Estado, também receberam novas casas.  As chaves das moradias foram entregues nesta quinta-feira (13), por representantes do Governo do Paraná, Governo Federal e prefeitura, parceiros na construção do empreendimento que recebeu investimentos de R$ 1,4 milhão em recursos do programa Minha Casa Minha Vida.

O projeto atende famílias que residiam em condições precárias ou pagavam aluguel. Como o público é composto por pessoas em situação de vulnerabilidade social, os imóveis foram totalmente custeados pelo poder público, sem cobrança aos novos moradores.