Esportes

Geração Atletismo conquista 10 medalhas no Paranaense Sub-14

Projeto sem fins lucrativos tem desenvolvido talentos no esporte
Treinadora Tamires Santos, ao lado dos atletas que conquistaram o ouro no revezamento 4 x 60 m.

O projeto Geração Atletismo de Cianorte representou muito bem a Capital do Vestuário no Campeonato Paranaense Sub-14 da modalidade. Realizada no último fim de semana, em Curitiba, a competição levou 14 atletas para as disputas. Ao todo, foram 10 medalhas conquistadas: quatro ouros, quatro pratas e dois bronzes.

Os destaques foram: Ana Beatriz Andrade (ouro nos 60 m rasos); João Gustavo Strazza (ouro nos 60 m com barreiras); Luana Vitória Gonçalves (ouro nos 150 m rasos); Gabriel, Kayoran, João e Luís (ouro no revezamento 4x60 m); Luiz Gustavo Poncetti (prata nos 60 m rasos); Luana Vitória Gonçalves (prata nos 60 m rasos); Ana Beatriz Andrade (prata nos 60 m com barreiras); Luana, Thiemi, Amanda e Ana Beatriz (prata no revezamento 4x60 m); Thiemi Maiume Kaneda (bronze no arremesso de peso); João Gustavo Strazza (bronze nos 150 m rasos).

PROJETO

Não é de hoje que o projeto Geração Atletismo traz orgulho para Cianorte. Coordenado pela treinadora Tamires Santos, o projeto teve início há cinco anos e não para de crescer. Entre as escolinhas e o grupo de aperfeiçoamento, o projeto envolve cerca de 100 alunos, de 8 a 16 anos, que treinam em contraturno escolar. As aulas acontecem de segunda a sábado na pista de atletismo do Tiro de Guerra e na pista de atletismo localizada na Praça Olímpica Danilo Padilha.

 

As conquistas recentes e o crescimento do projeto são motivos de orgulho para Tamires Santos, que dedica a maior parte do seu tempo aos alunos.

“Vejo como uma recompensa do meu trabalho. Dedico a minha vida ao atletismo. A relação com os atletas vai muito além das pistas. Começamos agora a colher os frutos das sementes que colhemos há anos. Para mim é um orgulho saber que esses adolescentes estão no caminho do esporte, saber que o futuro deles será diferenciado por tudo o que o esporte ensina. Antes de formar atletas dentro das pistas, formamos pessoas que saberão enfrentar as dificuldades da vida. Isso para mim é o mais importante” afirmou Tamires em entrevista à Tribuna de Cianorte.

O cotidiano de treinamentos exige muita disciplina e foco por parte dos alunos. De acordo com Tamires Santos, a modalidade vai muito além da qualidade técnica do atleta.

“Os resultados e as competições são as partes mais fáceis. Mas o dia a dia do atletismo é mais complicado. Não é um esporte fácil de se treinar. Não requer somente a qualidade técnica, mas também exige muito da parte física do atleta” explica.

Assim como diversas modalidades do esporte brasileiro, o atletismo encontra dificuldades. Em Cianorte, o projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, mas depende também do apoio de patrocinadores para seguir representando a cidade nas competições.

“Hoje o projeto cresceu muito, então temos dificuldades em conseguir alguns recursos para participar de todas as competições. O apoio dos nossos patrocinadores é essencial. Eles que nos socorrem. Quando achamos que é impossível alguma coisa, sempre aparece alguém para ajudar. Essas pessoas acreditam que o esporte pode salvar vidas e fazem toda a diferença para continuarmos trabalhando” conclui Tamires.

O próximo compromisso do atletismo de Cianorte será pela fase final dos Jogos Abertos do Paraná na categoria de 15 a 17 anos. A competição acontece em Campo Mourão de 3 a 11 de agosto.

Interessados em integrar a equipe devem comparecer à Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Cianorte, que fica nas dependências do Ginásio de Esportes Tancredo Neves.