Cidades

Feriado de Natal foi mais violento nas estradas da região

["Rodovias prec\u00e1rias e fluxo intenso de ve\u00edculos aumentaram n\u00famero de acidentes, feridos e mortos "] (Foto: ARQUIVO TRIBUNA )

O balanço da Operação Natal, divulgado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE), mostra que o feriado prolongado foi mais violento nas estradas da região de Cianorte com relação a 2017. Nos cinco dias de operação deste ano, foram registrados quatro acidentes, com oito feridos e uma morte. A ocorrência mais grave foi na madrugada de sábado (22), na PR-323, entre Cianorte e Jussara. Dois veículos bateram de frente e o motorista de um deles morreu na hora. Outras duas pessoas ficaram gravemente feridas. O velocímetro de um dos carros travou a 160 km/h, sendo que a velocidade máxima permitida no local é de 100 km/h.

No feriado do ano passado, que teve um dia a menos, policiais do posto local atenderam apenas um acidente e não houve feridos. Em 2018, 41 motoristas foram autuados e 145 imagens de radar registradas. Em 2017, foram 30 autuações, 160 imagens de radar e um flagrante por embriaguez. De acordo com o comandante do posto da PRE de Cianorte, subtenente Antônio Sérgio Dinardi, os número deste ano estão relacionados ao tempo chuvoso, às condições das rodovias e também à duração da operação.

Segundo ele, o fluxo de veículos aumentou aproximadamente 30% e a expectativa é que o movimento seja praticamente o mesmo no feriado de Ano Novo. A operação nas estradas começou na tarde de sexta-feira (28) e segue até quarta-feira (2 de janeiro). A fiscalização será intensificada com radares e bafômetros com o objetivo de reduzir o número de acidentes e de infrações cometidas nas rodovias paranaenses.

BALANÇO NATAL

Em todo o estado, o número de mortes diminuiu 36,36% e o de acidentes 27,81% durante a Operação Natal 2018. Foram 109 acidentes, sete mortes, 133 feridos, três atropelamentos, oito infrações de trânsito pelo Art. 165 e duas infrações pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 169 testes etilométricos, 2.357 autuações gerais, 4.137 imagens de radar e 204 veículos retidos. O dia do Natal foi o que mais registrou testes etilométricos (103), o maior número de acidentes (35), de imagens de radar (1.299), de mortes (4), de atropelamentos (2), de veículos retidos (72) e de autuações (562). Em 2017, foram registrados 151 acidentes e 11 mortes. O número de atropelamentos foi o mesmo deste ano. (Com Agência Estadual)