Cotidiano

Felino ameaçado de extinção é devolvido à natureza após tratamento

(Foto: Divulgação Polícia Ambiental)

A Polícia Ambiental de Umuarama, em parceria com o Hospital Veterinário da Unipar, realizou, na manhã desta sexta-feira (28), a soltura de um Gato Mourisco, felino nativo da região.

O animal havia sido entregue no final do mês de março na sede da Polícia Ambiental em Umuarama, com ferimentos, pelo próprio motorista do veículo que o atropelou em uma rodovia próxima ao município de Ivaté, a 45 quilômetros de Umuarama.

Os policiais encaminharam o felino, um macho adulto de aproximadamente 5 quilos, aos cuidados do professor Salviano, médico veterinário da Unipar, especialista em animais silvestres. Segundo ele, o animal precisou passar por uma cirurgia por estar com a tíbia fraturada (osso do membro posterior).

O gato Mourisco pode chegar até 77 centímetros de comprimento, fora a cauda que chega até 40 cm e, diferente de outros felinos, possui as pupilas arredondadas, podendo ser o reflexo de seus hábitos diurnos. A espécie é considerada vulnerável pelo IBAMA e corre o risco de desaparecer de nossas florestas.

Depois de totalmente recuperado, o gato foi devolvido à natureza com sucesso, mais precisamente no interior de uma reserva florestal no município de Ivaté.