Saúde

Executivo firma pacto com MP para atender saúde mental

 

Familiares e portadores de problemas relativos à saúde mental em Cianorte, há anos tateiam no escuro devido à ausência de um programa eficaz que assista desde a mais tenra idade aqueles que necessitam de acompanhamento contínuo. A professora Ana Floripes é uma das pessoas que empunham essa bandeira e tem incentivado a comunidade e lideranças a debater esse assunto.

No início da semana, em reunião com lideranças dos bairros de Cianorte, Conselho Tutelar, diretores de colégio, entre outros, e Ministério Público (MP), o tema também ganhou destaque em meio a outras graves questões. E na manhã de ontem (16) em coletiva à imprensa a promotora da Vara da Infância e Juventude de Cianorte, Elaine Lima, comunicou o que foi acordado em reunião com o prefeito Claudemir Bongiorno no último dia 14.

De acordo com a representante do Ministério Público, o Município deverá agilizar os trâmites para a criação de um centro de saúde mental, voltado à criança e adolescente; um departamento da criança e adolescente, dentro da Secretaria Municipal de Bem Estar e a formação de uma equipe multidisciplinar composta por psicóloga, pedagoga e assistente social para atuar junto ao Conselho Tutelar, além de melhorias na área do esporte.

Na próxima quarta (21), será a vez dos vereadores receberem as reivindicações da comunidade, transmitidas via promotoria. Questionada sobre os prazos para que o Executivo coloque em ação o que foi acordado em reunião, Eliane Lima respondeu que tudo “é para ontem”.