Educação

Estudantes do Sesi desenvolvem ações para aproximar jovens da política

Projeto do Colégio Sesi busca soluções para incentivar adolescentes a se interessarem pelo assunto
Os alunos Thaís Fernanda, Luiz Henrique, Eduardo Louzada, Felipe de Melo Lima (acima), Anny Caroliny Moisés, Ariel Longo Lázaro (acima) com o professor Wesley (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNAMÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Detectar o que afasta os jovens da política e propor ações para despertar o interesse pelo assunto são os objetivos do projeto Transformação Cidadã, promovido pelo Sistema Fiep em todo o país. No Colégio Sesi de Cianorte, um grupo de seis estudantes com idades entre 15 e 17 anos têm se debruçado sobre o assunto desde o início de agosto e está concluindo as atividades nesta semana.

De acordo com o professor de Geografia e coordenador do projeto, Wesley Alanis, o primeiro passo foi entender porque os jovens não se interessam pelo assunto. Um questionário aplicado a 200 alunos do colégio mostrou que o principal problema é a linguagem utilizada para repassar informações.

“Com os resultados, entendemos que a rapidez das tecnologias atuais faz com que os jovens rejeitem conteúdos extensos e com uma linguagem técnica. A partir daí nós começamos a pensar em como falar sobre política de maneira simples e fácil e poder atrair este público”, explicou a estudante Thaís Fernanda.

A partir de vídeos, memes e charges, o grupo propôs a criação de conteúdos que introduzam os jovens na política e os incentivem a buscar ainda mais informações sobre o assunto de forma aprofundada. Os estudantes criaram infográficos com os resultados da pesquisa, um meme voltado à comunidade escolar e um vídeo para mostrar a importância da política na vida dos jovens.

O estudante Luiz Henrique Alves Ferreira conta que detestava o assunto e passou a entender a importância com o projeto. “Eu achava maçante, mas nunca tinha me aprofundado. Agora, percebo como a política afeta diretamente a vida de todos nós.”

Os participantes entrevistaram o chargista da Tribuna de Cianorte, Márcio Moura, e o cartunista Clayton Filgueira para entender as características das charges e dos memes. Segundo o professor Wesley, eles perceberam que a simplicidade deste tipo de conteúdo facilita a comunicação com os jovens.

Na etapa final do projeto, os estudantes irão divulgar o vídeo produzido e as conclusões da pesquisa a todos os membros do colégio.