Cidades

“Escola Princesa Izabel não será fechada”, garante secretária de Educação

Deputado Jonas Guimarães e comitiva de professores foram à Seed para esclarecer o assunto
Na audiência, os representantes locais apresentaram a preocupação do fechamento da escola à secretária (Foto: ASSESSORIA JONAS GUIMARÃES)

Na manhã desta terça-feira (12), o deputado estadual Jonas Guimarães esteve em uma audiência com a secretária de Educação do Paraná, Ana Seres Trento Comin, acompanhado de uma comitiva de professores, Ofélia Zamberlan, Lourdinha Almeida e Stallone Ribeiro, representando a Escola Estadual Princesa Izabel de Cianorte. Na ocasião, foram esclarecidas questões relativas ao suposto fechamento da escola.

O deputado Jonas Guimarães recebeu da secretária a garantia da liberação de recursos no valor de R$ 360 mil para a construção de uma quadra de esportes na escola, como garantia de que a instituição não será fechada.

De acordo com a secretária Ana Seres, o que houve foi a redução de turmas do 6° ano do ensino fundamental. “Isto aconteceu devido à desistência de muitos alunos. Sugiro que professores e pais se reúnam e desenvolvam uma campanha neste final de ano, de modo que se traga de volta esses alunos que transferiram suas matrículas para escolas mais próximas de seus bairros”, afirmou. Seres disse ainda que as turmas serão reconstituídas desde que apresentem de 25 a 30 alunos cada.

Instituições sociais da cidade, como Rotary, Maçonaria, Associação Comercial e Industrial, entre outras, tomaram para si a defesa da escola e manifestaram preocupação com o possível fechamento do local em razão da falta de alunos. “Garantimos que a Escola Estadual Princesa Izabel não será fechada, nem está nem qualquer outra”, explicou a secretária de Educação, Ana Seres.

O deputado estadual Jonas Guimarães falou da importância do diálogo e reafirmou seu trabalho pelas escolas do município. “Estamos realmente atentos às reivindicações dos professores, diretores e alunos das nossas escolas. Tivemos um trabalho árduo para que conseguíssemos a construção das quadras não só do Princesa Izabel, mas também do Colégio Caio Moreira e do José Guimarães. Marcamos esta audiência com a secretária de Educação, reunindo os professores, de modo que se explicasse a situação. Felizmente a escola não será fechada. Estamos à disposição da diretora Rosângela Zucco, sempre que necessário”, afirmou o deputado.

Segundo a diretora da escola, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que os alunos advindos da Escola Municipal Cecília Sato que tiverem interesse em continuar estudando no prédio, no caso na Escola Princesa Izabel, podem deixar o nome na secretaria da escola. Em janeiro, uma lista com os nomes dos interessados será enviada à secretaria estadual para que sejam abertas novas turmas de 6° ano.