Educação

Enem 2017 será aplicado para mais de 3 mil pessoas em Cianorte

Os candidatos terão cinco horas e meia para fazer as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação
["Em Cianorte, 3.323 pessoas se inscreveram para prestar o Enem, que ser\u00e1 aplicado em quatro institui\u00e7\u00f5es de ensino locais ","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Começa neste final de semana a aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, com menor número de inscritos e mudanças no teste. No total, 3.323 pessoas se preparam para fazer as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, neste domingo (5), em Cianorte. Os candidatos foram distribuídos para prestar o exame no Colégio Estadual Cianorte, CEC, Drummond e Universidade Paranaense (Unipar). Os portões serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas. As provas estão marcadas para começar às 13h30 e vão até as 19 horas.

PARANÁ

Em todo o Paraná serão 287.828 participantes. O número representa 4,2% do total de 6.731.203 inscritos. As provas serão aplicadas em 88 municípios, mesmo número do ano passado, apesar do número de participantes ser 31,3% menor. No Enem 2016, o estado teve 419.239 participantes. A queda no número de inscrições já era esperada, em consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Do total de participantes no Paraná, 57,1% são mulheres e 42,9% são homens. Em relação aos atendimentos especializados, foram aprovados 1.321. A maioria dos casos é de deficiência física, déficit de atenção e baixa visão. Serão usados 2.612 recursos de acessibilidade, sendo 90 videoprovas traduzidas em Libras, novidade desta edição. Também serão 663 atendimentos específicos; 46,5% para lactantes. O estado teve 13 solicitações aprovadas para atendimento pelo nome social, sendo seis na capital.

MUDANÇAS

Além do fim da certificação para o ensino médio outras mudanças também foram estabelecidas para a edição deste ano. Pela primeira vez, as provas serão aplicadas em dois domingos, nos dias 5 e 12 de novembro. A ordem das provas também foi alterada: no primeiro domingo Linguagens, Ciências Humanas e Redação, com cinco horas e meia de duração; no segundo domingo serão as provas de Matemática e Ciências da Natureza, com quatro horas e meia de duração.

Os cadernos de prova serão personalizados, com nome e número de inscrição escritos na capa, juntamente com os cartões de resposta encartados na prova, mas manterão o formato em quatro cadernos de cores diferentes. Outra medida de segurança adotada serão os detectores de aparelhos de ponto eletrônico de ouvido. Os sistemas antifraude serão usados de forma experimental em alguns locais de prova.

O benefício da isenção de taxa de inscrição foi estendido aos cadastrados no CadÚnico, o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

ORIENTAÇÕES

Para fazer as provas, os candidatos devem levar: documento original com foto na validade, caneta preta de tubo transparente e o cartão de confirmação impresso. É proibido utilizar lápis, borracha, calculadora, fone de ouvido, óculos escuros, boné, chapéu, gorro, aparelhos eletrônicos, relógio, livro e anotações. O Inep orienta os candidatos a estarem no local de prova com antecedência e verificarem o endereço antecipadamente. Outras informações estão disponíveis no site do Inep, órgão responsável pelo Enem. (Com informações do Inep)