Polícia

Em menos de 50 dias, Cianorte registra terceiro homicídio do ano

O final de semana também foi violento na região; em Japurá um adolescente de 17 anos foi morto a facadas
Os homicídios estão sendo investigados pela Polícia Civil de Cianorte (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Na madrugada de sábado (17), uma mulher de 28 anos, identificada como Marcela Cristina Pereira da Silva, foi executada com vários disparos de arma de fogo na avenida América. A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, verificou que a vítima tinha um sangramento na altura da cabeça e várias perfurações de arma de fogo. Oito estojos de pistola 9 mm foram localizados próximos dali.

A mulher tinha passagens pela polícia por homicídio, tentativa de roubo e furto, de acordo com informações da PM. O caso é o primeiro feminicídio - assassinato de uma mulher cometido por razões da condição de sexo feminino - registrado em Cianorte desde o início do ano e o terceiro homicídio em menos de 50 dias.

A Polícia Civil está investigando o caso e por enquanto não pode ceder informações. O autor do homicídio e a arma utilizada não foram localizados.

REGIÃO

Em Japurá, a menos de 30 km de Cianorte, o homicídio de um adolescente de 17 anos chocou os moradores da cidade no final de semana. O corpo do jovem foi encontrado na manhã de domingo (18), em uma plantação de soja.

Ele estava desaparecido desde sábado a noite, quando teria saído de sua casa, em São Tomé, para ir até a casa da namorada, em Japurá. Os policiais encontraram vestígios de luta corporal na residência da moça e constataram três facadas no corpo do jovem, sendo uma nas costas e duas no peito.

Segundo a Polícia Civil de Cianorte, as investigações do caso estão praticamente concluídas. O principal suspeito seria o ex-marido da jovem.