Esportes

Em jogo polêmico, Cianortinho vence a segunda pela Copa Amenorte

Partida teve quatro expulsões e foi marcado por arbitragem confusa de Piotro Bettin
["Atacante Luquinhas comemora o gol que deu a vit\u00f3ria ao Cianortinho com o auxiliar Mateus"] (Foto: MARTINS NETO / TRIBUNA)

Clima quente, disputas acirradas, quatro expulsões e arbitragem ruim. Assim foi a vitória do Cianortinho contra Indianópolis, por 2 a 0, na noite de quarta-feira, 11, no Albino Turbay, pela terceira rodada da Copa Amenorte de Futebol Amador. Os gols da vitória foram anotados por Júlio Cézar e Luquinhas.

Antes mesmo da partida, já era esperado um confronto duro entre as equipes. Com bons jogadores dos dois lados e uma pitada de rivalidade, a partida já começou movimentada. Logo aos 10 minutos de jogo, o time visitante teve um gol anulado pela arbitragem, gerando uma enorme cobrança para cima da arbitragem de Pietro Bettin, de Maringá, que perdeu totalmente o controle do jogo. Em um primeiro tempo bastante pegado, as equipes foram para o intervalo com o placar zerado.

As grandes emoções ficaram guardadas para a segunda etapa. A falta de critério da arbitragem para ambos os lados foi prejudicando o andamento da partida. Aos 19 minutos, o Cianortinho perdeu o técnico Pedro Godoy, expulso por reclamação. Aos 22, o lateral-direito cianortense, Maicon Monteiro, levou uma cotovelada do adversário, o árbitro até deu a falta, mas expulsou o atleta cianortense por reclamação. Porém, nem tudo estava perdido. Na cobrança da falta, o meia Júlio Cézar mandou na gaveta e abriu o placar para o Cianortinho.

Após o gol, nova confusão. O volante Raio, do Indianópolis, fez falta dura e acabou sendo expulso. Neste momento os ânimos já estavam pra lá de exaltados. Em vantagem no placar, o time cianortense valorizou a posse de bola e criou boas chances de matar o jogo. Aos 34, nova expulsão, desta vez, o atleta Gabi, do time visitante, foi para o chuveiro mais cedo. Em vantagem no número de jogadores e também no placar, o Cianortinho tinha no atacante Luquinhas, que entrou no segundo tempo, o seu grande diferencial para matar a partida. Veloz, o jogador infernizou a defesa adversária. No último minuto, Luquinhas escapou no meio de campo, deixou a marcação para trás, driblou o goleiro e deu números finais ao jogo: Cianortinho 2 a 0 Indianópolis.

“Foi um jogo disputado. Sabemos que, qualquer time que vier a Cianorte, vai dar a vida. Mas estamos preparados para isso. Temos um elenco qualificado e quem entrar eu tenho certeza que vai dar conta do recado. Neste jogo, foi o Lucas, que fez um bonito gol. Foi uma vitória importante” avaliou o técnico do Cianortinho, Pedro Godoy, ao término da partida.

Com a vitória, a equipe cianortense chegou aos mesmos seis pontos de Jussara e Indianópolis, mas assume a liderança do Grupo B pela vantagem no saldo de gols.

Na quarta rodada, o time cianortense joga pela primeira vez fora de casa. No próximo domingo, 15, a equipe visita o Cidade Gaúcha, em duelo marcado para as 15h30.