Cidades

Detran já emplacou quatro mil veículos na região de Cianorte

No Paraná já são mais de 401 mil carros emplacados com o novo padrão
Só em Cianorte são pouco mais de 3,3 mil carros emplacados desde 17 de dezembro. (Foto: Jaqueline Andriolli / TRIBUNA)

A 26ª Ciretran de Cianorte já contabilizou quase quatro mil novos emplacamentos com o novo padrão Mercosul em Cianorte, Japurá, Jussara e São Tomé. No Paraná, quem não pretende trocar de carro ou se mudar para outro município, pode ficar tranquilo. Ainda não há uma data limite para a instalação da nova placa em toda a frota do país. No Paraná, a placa Mercosul deve ser instalada nas seguintes situações: primeiro emplacamento, aquisição de veículo, aquisição de veículo com troca de município, alteração de dados com complementação de placa, mudança de município e outros processos que necessitem a substituição de placas.

Cianorte possui o maior número de placas trocadas entre os municípios da 26ª Ciretran, com 3,3 mil emplacamentos. Japurá possui 255, Jussara 228 e São Tomé 150. Segundo o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), ainda não há a obrigatoriedade de troca de placas para os veículos que já estão em circulação. O que quer dizer que um veículo já emplacado pode circular com o modelo atual.

Desde o dia 17 de dezembro de 2018, o Detran tornou obrigatório o novo modelo de placas de veículos adotado no Mercosul. A medida segue o que especifica a Resolução n.º 733 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada em 10 de maio de 2018. No Paraná, já são 401,8 mil carros que circulam com a nova placa.

De acordo com o Detran, a vantagem da nova placa é que o veículo pode permanecer com ela se mudar de propriedade ou município. Isso porque o novo padrão não traz identificação de cidade e de estado, como ocorre no modelo atual.

Em Cianorte, caso o proprietário queira trocar de placa ele pode procurar a 26ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) para efetuar o emplacamento.