Educação

Curso de Moda da UEM está entre os 10 melhores do país

Com 16 anos, graduação se destaca no cenário nacional por formar profissionais que unem teoria e prática
Curso recebe estudantes de todo o país e exporta profissionais para o exterior (Foto: ARQUIVO PESSOAL)

O curso de Moda que funciona no Câmpus Regional de Cianorte da Universidade Estadual de Maringá (UEM) é o nono melhor do país, segundo o Ranking Universitário Folha (RUF), produzido pelo jornal Folha de São Paulo. A classificação considera qualidade de ensino, qualificação do corpo docente, resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e avaliação do mercado. O curso da Universidade Estadual de Londrina (UEL) também ficou entre os 10 melhores, na quarta posição.

Para a coordenadora Cristiane Nunes Santos, o grande diferencial do curso de Moda da UEM é a relação entre teoria e prática aplicada ao desenvolvimento do produto e à modelagem. “Nossos estudantes transformam uma ideia em objeto, conseguem aliar o conhecimento teórico e a pesquisa às técnicas necessárias para a confecção do produto final. Além disso, valorizam a parte social da Moda, incorporando conceitos de sustentabilidade e ecologia”, afirmou.

Segundo ela, esse tipo de formação propicia o sucesso na inserção no mercado de trabalho, seja em Cianorte e região ou em outros estados do país. No quesito avaliação do mercado do RUF, o curso ficou em sexto lugar. “Desde 2010 nossos estudantes têm se destacado em premiações nacionais durante a graduação e saem da universidade direto para o mercado de trabalho ou empreendem e criam a própria marca”.

Na parte de extensão, o curso desenvolve projetos de cunho social que também auxiliam no desenvolvimento humano do profissional. Alguns exemplos são o projeto de confecção de turbantes para mulheres em tratamento de câncer e uma ação de confecção de pijamas para entidades locais, como o Recanto dos Velhinhos; além do trote solidário e outras iniciativas pontuais.

No quesito qualidade de ensino o curso também ocupa a nona posição. Segundo Cristiane, o corpo docente é formado de mestres e doutores que já atuaram no mercado de trabalho e buscam atualizações constantemente.

PERFIL DO CURSO

O curso de Graduação em Moda – com habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto – da UEM foi implantado em 2002 e oferta 40 vagas anuais. As aulas são no período noturno no Câmpus Regional de Cianorte e a duração do curso é de quatro anos.

Conforme destacou a coordenadora, a grande maioria dos estudantes vem de outros estados e retorna as suas cidades quando termina a graduação, o que contribui para que o percentual de inserção no mercado de trabalho chegue a 99%.

Segundo ela, mesmo com a crise no setor de confecção local, os formandos continuam conseguindo trabalho. “O profissional formado na UEM é completo, tem os conhecimentos teóricos e domina as técnicas necessárias, por isso tem espaço mesmo em um mercado mais restrito. Atualmente, temos ex-alunos trabalhando em grandes marcas até fora do país. Acredito que todo esse conjunto é o que tem nos mantido entre os 10 melhores do Brasil na avaliação da Folha, o que para nós é extremamente gratificante”, ressaltou Cristiane.