Polícia

Criança sai andando após ser jogada de prédio pela própria mãe

[""] (Foto: REPRODUÇÃO/R7)

A criança que foi jogada de um prédio pela mãe, na madrugada desta sexta-feira (24), em São Paulo, saiu andando após cair do quinto andar – cerca de 16 metros, segundo uma testemunha.

O motorista de aplicativo, que mora no mesmo condomínio, chegava em casa acompanhado da esposa quando a menina de quatro anos caiu sobre seu carro. Muito abalado, ele não quis dar entrevista, mas afirmou à Record TV que a criança caiu em cima do para-brisa e, com a força do impacto, foi arremessada ao chão.

Ainda conforme o relato do homem, assim que ele saiu de dentro do veículo, ela correu em sua direçãochorando e deu um abraço no motorista. A menina foi encaminhado ao hospital com ferimentos leves.

Mãe se joga da janela

Quando o homem olhou para cima, se deparou com a mãe da menina ameaçando se jogar da janela. Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram acionados para convencer a mulher a sair do imóvel. No entanto, após quase duas horas de negociações, ele colocou fogo na cortina e se jogou da janela.

De acordo com informações da Record TV, a mulher de 29 anos chegou inconsciente no hospital e está em estado grave.

Apartamento alugado

Um funcionário do local contou que a mãe a filha alugaram o apartamento há cerca de três. Além disso, ele também relatou que os moradores e funcionários do edifício desconfiam que ela tenha problemas psicológicos.

Caroline Berticelli com R7