Esportes

Coritiba perde para Chapecoense nos minutos finais e cai para a série B

O time paranaense foi rebaixado nos minutos finais e vai jogar a série B do Brasileirão no ano que vem (Foto: ASSESSORIA CORITIBA FC)

Neste domingo (3), o Coritiba foi a Chapecó para a última rodada do Campeonato Brasileiro 2017 – Série A e resultado era decisivo para fugir do rebaixamento. No embalo, o Coxa abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo, com gol de Kleber. A Chape pressionou e aos 36 minutos Elicarlos deixou tudo igual. Mesmo com o gol sofrido, o Coritiba seguia na 16ª posição, fora da zona de rebaixamento. O primeiro tempo na Arena Condá acabou com a Chape assustando o goleiro Wilson, após chute perigoso de Artur.

No segundo tempo, o Sport abriu o placar contra o Corinthians, na Ilha do Retiro, resultado que colocava o Coritiba na Série B. O técnico Marcelo Oliveira fez duas alterações na equipe para tentar a virada, mas nos acréscimos Túlio de Melo pegou a sobra e marcou para a Chape, virando o placar para os donos da casa. Ao mesmo tempo, o Flamengo fazia o segundo gol sobre o Vitória no Barradão para vencer a partida. Se permanecesse o empate, o Coxa estava salvo, mas acabou sendo rebaixado pela diferença de um gol no saldo.

Depois de lutar nas últimas seis temporadas contra o rebaixamento, desta vez o Coritiba não conseguiu evitar o retorno à Série B. É a terceira vez que o time paranaense cai na era dos pontos corridos - desceu também em 2005 e em 2009.

Em coletiva de imprensa após o jogo, o goleiro Wilson, destaque da partida, afirmou que o clube vai dar a volta por cima. “É hora de se desculpar. Em boa parte da temporada, numa incompetência nossa, na hora de definir, se defender, muitos erros durante a temporada, dentro e fora de campo. Agora é hora de remontar. O Coritiba é muito grande, já passou por isso e vai se reerguer mais forte ainda, tenho certeza”, disse.

Com o resultado, a Chapecoense se classificou para a fase preliminar da Libertadores e encerrou o Brasileiro com a melhor campanha que o time já fez na era dos pontos corridos. (Com Agência Estado e GE)