Esportes

Conmebol define representantes dos 10 países que disputam a Libertadores de Futsal Feminino

Torneio continental será disputado de 1º a 8 de dezembro em Balneário Camboriú
Cianorte será o representante brasileiro na Conmebol Libertadores de Futsal Feminino 2019 (Foto: Anna Karoline Camilotti)

O baterias Júpiter/Cianorte Futsal vive dias de expectativa para a disputa da competição mais importante de sua história. De 1º a 8 de dezembro acontece em Balneário Camboriú (SC) a 6ª edição da Conmebol Libertadores de Futsal Feminino. Campeão da Copa do Brasil de 2018, o time cianortense será o representante brasileiro no certame, que contará com equipes de outros nove países, todas elas já definidas.

Além do Cianorte, participarão os seguintes clubes: Kinberley A.C./Buenos Aires (ARG); Club Atlantes/La Paz (BOL); Coquimbo Unido/Santiago (CHI); Independiente/Cali (COL); Club Aviced F.C./Cuenca (EQU); Cerro Porteño/Assunção (PAR); Universidad Nacional Mayor de San Marcos/Lima (PER); Club Atletico Peñarol/Montevidéu (URU); e Estudiantes de Caracas S.C./Caracas (VEN). O regulamento e a tabela dos jogos serão divulgados nos próximos dias.

O evento, considerado o mais importante do continente a nível de clubes de futsal, é organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Os jogos serão disputados no Barra Multieventos Hamilton Linhares Cruz.

O futsal brasileiro mantém a hegemonia da competição. Cinco equipes catarinenses venceram as edições anteriores.  Em 2013 e 2015, no Chile, quem faturou o título foi o Unochapecó.  Em 2016, também no Chile, e em 2017, no Paraguai, a vencedora foi o Barateiro, de Brusque. Já a competição disputada no ano passado, no Paraguai, teve como campeã as Leoas da Serra, de Lages.

As delegações começam a desembarcar no litoral catarinense a partir do dia 28 deste mês. São aguardadas mais de 250 pessoas, entre atletas, comissão técnica e dirigentes.