Educação

Com greve e ocupações, aulas podem ir até 28 de dezembro

Estado pede apoio do Ministério Público e Conselhos Tutelares para reintegração de posse

A Secretaria de Estado e Educação (Seed) anunciou nesta segunda-feira (17) que, em decorrência das ocupações nos colégios estaduais, que já abrange 470 escolas e sete universidades do Paraná, bem como o impasse em função da greve dos professores deflagrada nesta semana, as aulas no estado podem ir até o dia 28 de dezembro.

A notícia foi confirmada ainda pela Casa Civil do Palácio do Iguaçu, que afirmou convocar o Conselho Tutelar e Ministério Público, para retirada dos alunos. De acordo com o secretário da pasta, Valdir Rossoni, o Estado decretou recesso escolar, e por isso, o período de férias deverá ser utilizado para garantir as 800 horas/aula obrigatórias.

Segundo o chefe da Casa Civil, a direção das escolas ocupadas devem usar o período de recesso para negociar com os alunos, junto ao Conselho Tutelar, a desocupação dos espaços. Em Cianorte, são seis colégios ocupados e o campus da UEM. Ao que tudo indica, apenas os Núcleos de Educação que tiverem escolas ocupadas deverão adotar a regra do ‘recesso adiantado’

 

Weslle Montanher
Colégio Dom Bosco, em Cianorte, está ocupado desde sexta (14)