Educação

Colégio Igléa Grollmann recebe R$ 100 mil para reparos na rede elétrica

Instituição é a última da região a ser contemplada com recursos do programa; outras 16 já assinaram os contratos
O evento foi realizado na sede do NRE de Cianorte e contou com representantes da comunidade escolar (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Na manhã desta quarta-feira (14), representantes do Núcleo Regional de Educação (NRE) e do Colégio Estadual Igléa Grollmann se reuniram para a cerimônia de assinatura do contrato do Programa Escola 1000, que destina R$ 100 mil para obras e reparos necessários na instituição.

Outras 16 escolas do NRE de Cianorte já foram contempladas com recursos do programa e estão executando as obras, algumas foram finalizadas em 2017. No Colégio Igléa, o dinheiro será utilizado para fazer reparos e adequações na rede elétrica da escola, a fim de prepara-la para receber ares-condicionados. As obras estão previstas para começar no dia 15 de fevereiro e devem ser concluídas em até 90 dias.

O evento contou com a presença da representante da chefe do NRE de Cianorte, Clarice Conceição Bongiorno; do deputado estadual Jonas Guimarães; da diretora do colégio, Luciana Mara Tachini Barbosa; da representante do conselho escolar, Cristina Aparecida Silva dos Santos; da representante da APMF, Maria Joana Darc de Lima Miguel e de outros membros da comunidade escolar.

O contrato será celebrado entre o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar) e a Construtora Planespaço, de Maringá. O engenheiro do NRE de Cianorte, Luiz Alfredo Splendor e o engenheiro representante da construtora, Rubens Cury, também estiveram presentes.

A diretora do Colégio Igléa agradeceu pelos recursos e aproveitou para requisitar um novo transformador para a escola. “Hoje o Igléa tem quase 1 mil alunos e apesar de estar em uma região arborizada é muito quente e precisa da instalação de ares condicionados. É um sonho e uma necessidade conseguir essa adequação, mas, além disso, precisamos mudar nosso padrão de energia e para isso precisamos de um novo transformador. Então aproveito a oportunidade para pedir ao deputado Jonas que nos ajude com essa solicitação, que já está na Fundepar”, disse Luciana.

O deputado estadual Jonas Guimarães falou sobre a importância do Programa Escola 1000 e dos investimentos em educação. “O Escola 1000 foi muito inteligente e não veio para resolver os problemas das escolas, porque sabemos que isto não é possível, mas sim para ajudar a suprir algumas necessidades que já deveriam ter sido solucionadas. As escolas estão aproveitando muito bem os recursos e fazendo muito com pouco dinheiro, o que nos faz perceber como são importantes esses investimentos em educação”, afirmou.
No final de 2016, R$ 100 milhões do orçamento do estado foram repassados para 1 mil colégios estaduais dos 32 Núcleos Regionais de Educação do Paraná. Até janeiro deste ano, 17 escolas das 32 do NRE de Cianorte foram contempladas com recursos do programa.