Cidades

Cida vistoria obras na PR-323 e diz que ponte fica pronta até outubro

["Cida Borghetti vistoriou obras da PR-323 e a constru\u00e7\u00e3o da ponte na PR-082 "] (Foto: ANPR)

A governadora Cida Borghetti vistoriou no sábado (25) as obras de recuperação emergencial da PR-323, no trecho entre Paiçandu e Doutor Camargo, e a construção da ponte na PR-082, na ligação de Cianorte com Terra Boa. A ponte que existia sobre o rio Catingueiro foi levada pelas fortes chuvas que ocorreram no último mês de março e o trecho da rodovia foi totalmente interditado. Emergencialmente, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) providenciou a construção de um desvio oficial em uma estrada municipal da região. 

 

Ao citar que o investimento total do Governo do Estado para as obras da ponte e do desvio é de R$ 3,62 milhões, a governadora Cida Borghetti ressaltou a atenção dada à infraestrutura estadual. “É uma obra de engenharia espetacular que vai trazer segurança e mobilidade, que deve ser concluída até o final de setembro ou início de outubro”, salientou, lembrando que quando asusmiu o Estado liberou R$ 1,5 bilhão para um programa de conservação da malha rodovia estadual.

 

O prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno, afirmou que a agilidade para o início da obra surpreendeu. “A gente sabe como são difíceis os processos licitatórios e aqui, quando menos esperávamos, a obra estava sendo iniciada nesta ligação tão importante para a região”.

 

ETAPA

 

A fundação da nova ponte está quase finalizada. Agora, os operários trabalham na fase de superestrutura. Os dois pilares centrais estão prontos. A quarta das dez vigas de apoio que serão utilizadas será concretada hoje (sábado). Cerca de 50% da pré-laje está concluída.  A obra evoluiu bastante no mês de agosto. Em 31 de julho a medição era de 17%. A previsão da medição que será realizada no dia 31 de agosto é de 60%. 

 

DESVIO

 

Enquanto a obra é executada, uma estrada municipal próxima ao local está sendo utilizada como desvio. No local foram realizados trabalhos para melhoria dos pontos críticos. Segundo o prefeito Bongiorno, esta medida foi necessária porque cerca de 800 pessoas se deslocam diariamente de Terra Boa para Cianorte a trabalho.

BOX O1

RECUPERAÇÃO EMERGENCIAL

No último mês de março foram iniciados os serviços de recuperação emergencial do pavimento da PR-323, entre o trecho final da pista dupla, em Paiçandu, e o entroncamento com a PR-082, em Cianorte, com extensão de 61,8 quilômetros. O contrato tem duração de 12 meses, com investimento de R$ 27,2 milhões.

Estão previstos vários tipos de serviços, com recuperações superficiais e profundas do pavimento, fresagem, microrrevestimentos, drenagem, sinalização horizontal, dentre outros. A empresa responsável pela obra atua com várias frentes de trabalho ao longo da rodovia. 

A governadora Cida Borghetti destacou que no último dia 7 de agosto o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) publicou no Diário Oficial do Estado a vencedora da licitação para a duplicação de 20,7 quilômetros da PR-323 entre Paiçandu e Doutor Camargo, no Noroeste do Estado. 

O valor máximo estipulado para realização dos serviços era de R$ 100 milhões. A empresa Torc Terraplanagem, Obras Rodoviárias e Construções Ltda. foi classificada em primeiro lugar pelo DER-PR, com proposta de R$ 73,2 milhões para executar a obra.  

O edital prevê, além da duplicação, a execução dos serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem, construção de dois viadutos e uma trincheira, sinalização e ainda trabalhos complementares como a implantação de rampas de acessibilidade.

 

 

 

Box 02

RODOVIA É UMA DAS MAIS

IMPORTANTES DO PARANÁ

Considerada uma das rodovias mais importantes do Paraná, a PR-323 faz a principal ligação entre as regiões Norte e Noroeste e passa por várias cidades. A rodovia suporta toda movimentação proveniente do polo têxtil do Estado, além de proporcionar ligação com países do Mercosul. 

Atualmente, a PR-323 tem pista simples, poucas áreas de ultrapassagem e acessos complicados em trechos urbanos, fatores que resultam em um alto número de acidentes fatais. “A duplicação trará mais segurança para os usuários da rodovia e ainda vai agilizar o escoamento da produção da região Noroeste”, afirmou a governadora.

Durante as vistorias, Cida Borghetti determinou que seja feita sinalização provisória nos trechos onde é realizada a fresagem do asfalto, para dar segurança ao usuário, e pediu que todos tenham atenção e paciência. “Uma obra acaba gerando transtornos, eventualmente interrompendo a pista”, reforçou a governadora.

Como não houve recurso após o resultado final da licitação da duplicação, o  processo será homologado nos próximos dias pelo diretor-geral do DER-PR. Na sequência, haverá a assinatura do contrato com a empresa vencedora. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos dois anos após a ordem de serviço.