Esportes

Cianortinho recebe o Marialva nesta quarta-feira pelas semifinais do ‘Amadorzão 2019’

Equipe local aposta em bom resultado dentro de casa para ter vantagem no jogo de volta
Cianortinho recebe o Marialva pelas semifinais do “Amadorzão 2019”. (Foto: Divulgação)

Os amantes do futebol amador terão um bom motivo para ir ao Estádio Albino Turbay na noite desta quarta-feira, 03. Às 21 horas, a Associação Atlética Cianortinho entra em campo para enfrentar o AC Marialva pelo jogo de ida das semifinais do “Amadorzão 2019”, organizado pela Liga Desportiva de Maringá e considerada uma das competições mais fortes do futebol amador paranaense. A entrada será um quilo de alimento não perecível.

Dentro de campo o torcedor terá a oportunidade de ver novamente vários nomes que já atuaram profissionalmente com a camisa do Cianorte FC. O elenco do Cianortinho, por exemplo, conta com velhos conhecidos como o goleiro Rogério Lambão, os zagueiros Diego Cabral e Valdirzão, os volantes Amaral, Davi e Taguchi, os meias Júlio César, Irineu e Safira e os atacantes Gil Bala e Edú Gaúcho. Além disso, o elenco se completa com figuras carimbadas do futebol amador regional como Ioiô, Bruninho, Raul Eduardo, Rael e outros.

A campanha do Cianortinho até aqui, em 10 jogos, acumula três vitórias, cinco empates e duas derrotas. A equipe marcou 16 gols e sofreu 11. Para chegar às semifinais, o time cianortense eliminou a forte equipe do Sarandi, nos pênaltis, fora de casa, após um empate sem gols no tempo normal. Na ida, em Cianorte, as equipe já haviam empatado em 1 a 1.

“Contra o Sarandi foi um belo jogo. Eliminamos um adversário tradicional e que já conquistou essa liga em três ocasiões. Sabíamos que seria um jogo extremamente difícil, mas o nosso time estava num tarde boa e conseguiu fazer um grande jogo” afirma Pedro Godoy.

O ADVERSÁRIO

Em dez jogos, o Atlético Clube Marialva, adversário desta quarta-feira, venceu quatro, empatou quatro e perdeu duas. O ataque marcou 18 vezes e a defesa foi vazada em 19 oportunidades. Nas quartas, a equipe eliminou o atual vice-campeão do certame, o Sudamérica FC, após vencer na ida, em casa, por 2 a 1, e segurar um empate em 2 a 2 no jogo de volta, na casa do adversário.

Por conta do melhor índice técnico, a equipe de Marialva terá a vantagem de decidir em casa a vaga na final. O confronto de volta está marcado para o dia 14, domingo, com horário a ser definido.

Sobre as qualidades e defeitos do adversário, o técnico do Cianortinho afirmou não tem muitas informações. Apesar disso, o comandante garante que a equipe cianortense fará de tudo para conquistar uma vantagem para o duelo de volta.

 “Não temos muitas informações sobre o Marialva, mas conhecemos alguns jogadores deles, que são muito bons. Até cogitamos trazer alguns deles para cá. Vamos colher algumas informações deles para não termos surpresas. Esperamos fazer um bom jogo e, dessa vez, sair com o resultado a favor. Já que não temos a vantagem de decidir em casa, sair com um resultado positivo é muito importante. Vamos em busca de fazer o resultado positivo para buscar a vaga na final lá em Marialva”  conclui Godoy.

ARBITRAGEM

A organização da competição surpreendeu e escalou um árbitro da CBF para o confronto entre Cianortinho e Marialva. Quem apita é o maringaense Paulo Roberto Alves Jr, frequentemente escalado em jogos do Campeonato Brasileiro Série A e Copa do Brasil. Os auxiliares serão Luiz Henrique Renesto (CBF) e Márcio Carvalho (FPF). Recentemente, Paulo Roberto Alves Jr se envolveu em uma polêmica envolvendo o árbitro de vídeo (VAR) na partida entre Botafogo e Palmeiras que, inclusive, foi parar no tribunal.

Paulo Roberto Alves Jr (CBF) apitará Cianortinho e Marialva nesta quarta-feira. Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação