Variedades

Cianortenses se preparam para o Animeingá 2013

 

“Um local onde fãs de animes se encontram, comunicam e interagem sem que os outros achem que são loucos conversando”. É com muito bom humor que Daniel Yano (o terceiro da esquerda para a direita na foto) define a oitava edição do Animeingá, o encontro maringaense de anime, mangá e cultura japonesa. O evento será realizado nos dias 02 e 03 de novembro, no Colégio Nobel, das 11h às 21h, e os preparativos estão a todo vapor.  Fãs e curiosos serão bem-vindos. “O termo certo é cosplay e não fantasia”, explica Yano.

Daniel, sua esposa e um grupo de amigos estão preparando as vestimentas especiais para o dia. O processo de criação é todo artesanal e cada "cosplayer" utiliza o material que lhe é disponível.  Márcia Yano, esposa de Daniel e um grupo de amigos vão de cosplay inspirados no anime Sword Art Online (SAO). Daniel irá fotografar o evento e, personalizado, vestirá o uniforme de genba (lê-se guemba), operário da construção civil no Japão.

Ao centro, a esposa de Daniel, Marcia Hamura, em visita à sala das armas medievais, na edição de 2012

“Alguns usam apenas tecido e fazem a costura. Outros utilizam EVA para armaduras, alguns fazem as espadas de madeira, outros objetos de massa plástica e os mais arrojados usam até fibra de vidro para produzir objetos e enfeites ou armas para caracterização dos personagens”, explica Daniel. Ele faz questão de esclarecer que não são utilizadas armas de metal ou material que possa ferir terceiros em caso de contato.

Daniel conta que há algumas regras, durante o AnimeIngá, que devem ser respeitadas. Como pedir permissão para tirar fotos, pois nem todos gostam de ser fotografados. “E não ficar dando pitaco, botando defeito, no cosplay dos cosplayers. Eles fazer porque gostam, mesmo que sejam gordos, magrelos e fisicamente não tenham nada a ver com o personagem, mesmo que seja apenas a roupa que seja igual”, frisa.

Há ambientes para todos os gostos, desde lojas onde são vendidas miniaturas dos personagens, uniformes e acessórios; salas com exibições de animes e filmes; concurso de cosplay onde é escolhida a pessoa com a caracterização mais próxima do personagem do anime e apresentações de dança. “Em 2012 teve uma banda chamada OnBakudan, grupo Maringaense de J-Rock, o rock japonês", relembra Yano.

 

SERVIÇO: www.facebook.com/animeinga