Esportes

Cianorte Futsal se concentra para ‘decisões’ do Estadual

Time tem aproveitado a semana para minimizar os erros e manter o foco no próximo adversário
Camilinha é um dos destaques do Cianorte Futsal na temporada (Foto: MARTINS NETO / TRIBUNA)

De “ressaca” após o título da Copa do Brasil e o vice na Taça Brasil, o Cianorte Futsal não conseguiu fazer uma boa partida diante do Londrina, no último fim de semana, pela 4ª rodada da segunda fase do Campeonato Paranaense Série Ouro. As equipes acabaram empatando em 3 a 3, em Londrina.

Por conta das falhas apresentadas na partida, o time cianortense tem aproveitado a semana de trabalho para minimizar os erros e manter o foco no próximo adversário. No sábado, 20, a equipe enfrenta o Ponta Grossa, as 20 horas, na casa do adversário.

“Cometemos algumas falhas diante do Londrina. Estamos treinando esta semana para corrigir esses erros. Contra o Ponta Grossa será uma quadra menor e não estamos acostumadas. Precisamos da vitória e vamos em busca dela” comentou a ala Camila.

O resultado diante do Londrina não tirou do time cianortense os planos de terminar a segunda fase como líder. A situação de momento é a seguinte: com 13 pontos, o Cianorte é o vice-líder. Quem lidera é o Telêmaco Borba, com 15. O Ponta Grossa, ainda com chances de “beliscar” o topo da tabela, é o terceiro com 10 pontos. Essas são as únicas equipes que ainda brigam por um lugar mais confortável na classificação.

Para avançar como líder, a equipe cianortense, precisa vencer, de qualquer forma, os dois últimos jogos da fase. Depois de enfrentar o Ponta Grossa, as “Poderosas” terão um clássico que promete “pegar fogo” na última rodada da fase. O adversário será o rival Telêmaco Borba, no dia 27, em Cianorte. Se vencer as duas partidas, a liderança estará garantida e, com ela, a vantagem de decidir em casa todos os confrontos de volta do mata-mata, inclusive uma eventual final.

“Caso vençamos os dois próximos jogos, além de pegar um adversário teoricamente mais fraco nas quartas, teremos o privilégio de fazer o segundo jogo aqui no ‘Tancredão’, inclusive numa eventual final. Isso é um fator que conta bastante. Temos só o paranaense pela frente e vamos em busca do pentacampeonato para encerrar o ano com chave de ouro” afirmou Camila.

JÚLIA SEGUE FORA

A goleira Júlia segue se recuperando do corte profundo que sofreu no joelho esquerdo ainda na primeira rodada da Taça Brasil. A capitã da equipe vem realizando separadamente alguns trabalhos físicos e de fundamento com bola. A expectativa é que de Júlia retorno aos treinamentos normais com o restante do grupo a partir da próxima segunda-feira, 22.