Esportes

Cianorte FC anuncia primeiro reforço para temporada 2019

Com passagens por Benfica e Atlético-MG, Emerson Conceição chega para ser titular
Émerson quando atuava pelo Benfica (Foto: DIVULGAÇÃO)

A diretoria do Cianorte FC anunciou, na tarde de ontem, 30, o primeiro reforço do clube para a temporada 2019. Trata-se do lateral-esquerdo Émerson Conceição, 32. Com experiência internacional, o novo reforço chega com status de titular na equipe comandada pelo técnico Cristian de Souza.

Natural de São Paulo, Émerson despontou para o futebol vestindo a camisa do extinto J.Malucelli, em 2006. Do clube paranaense, ele transferiu para o Lille, da França, onde permaneceu de 2006 a 2011 e foi campeão da Liga Francesa e da Copa da França, ambos na temporada 2010/11. Na temporada 2011/2012, defendeu as cores do Benfica, de Portugal, onde conquistou a Taça da Liga. Na sequência, se transferiu para o Trabzonspor, da Turquia, e retornou ao futebol francês para atuar pelo Rennes.

Em 2014, o jogador acertou o seu retorno ao futebol brasileiro para defender o Atlético Mineiro, onde foi campeão da Copa do Brasil e da Recopa Sulamericana, em 2014, e Campeão Mineiro, em 2015. Em 2016, teve uma passagem sem grande destaque pelo Coritiba. O último clube de Émerson Conceição foi o Rio Branco-PR, na disputa do Campeonato Paranaense 2018. No clube de Paranaguá, o atleta não se adaptou e acabou disputando poucos jogos.

Conforme antecipado pela TRIBUNA, a diretoria do Leão do Vale planeja contratar oito novos jogadores para agregar a uma base já mantida para a próxima temporada. Acompanhado de perto pelo técnico Cristian de Souza, o planejamento do clube segue dentro do programado.

“Nossas buscas são bem pontuais. Acredito que o Cianorte tenha, neste momento, 85% do elenco formado. O mercado agora começa a se estabilizar, porque as competições estão terminando. Em cima dessas observações, iremos atrás dessas posições pontuais que ainda faltam para fecharmos o grupo” afirmou o técnico Cristian de Souza.

A diretoria ainda mantém sigilo sobre os novos nomes que virão na sequência. O objetivo é não atrapalhar o andamento das negociações até que os contratos sejam devidamente oficializados.