Economia

Cianorte espera arrecadar R$ 38,7 milhões com IPTU

Imposto é a principal fonte de receita livre do município e pode ser destinado a diversas áreas
Prazo para pagamento em cota única com desconto termina em duas semanas. (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

O número de guias de recolhimento emitidas pela Prefeitura de Cianorte em 2019 aumentou 4% em relação a 2018, passando de 31,5 mil para 33 mil. Com isso, a arrecadação deve chegar a R$ 38,7 milhões. De acordo com o chefe da Divisão de Receitas Imobiliárias, da Secretaria Municipal de Finanças, Lucas Trugílio Ribeiro, a alta está relacionada a novos loteamentos e varia de um ano para o outro, dependendo de alterações nas regras de cálculos do imposto e de novos empreendimentos.

Do total de guias, cerca de 200 não puderam ser entregues, por inexistência do número indicado no cadastro, mudança de endereço ou falta de caixa para correspondência e ausência de pessoas. Nestes casos, a pasta disponibiliza o conteúdo pela internet ou presencialmente. Segundo Ribeiro, muitos contribuintes que preferem parcelar o pagamento e têm dúvidas quanto à impressão pela internet ou não têm acesso procuram a Divisão.

Em 2018, 7 mil guias foram impressas na Prefeitura e cerca de 12,6 mil foram pagas em cota única, 40% do total. Este ano, o prazo para pagamento da cota única (à vista) com 10% de desconto ou da primeira parcela é 28 de fevereiro. Até o dia 9, a Prefeitura já havia recebido R$ 2,6 milhões, o que corresponde a 6,7% do valor total. O vencimento das demais prestações, de março a dezembro, será sempre no dia 20 de cada mês, independente da localidade do imóvel, totalizando 11 parcelas.

De acordo com Ribeiro, a inadimplência tem se mantido entre 25% e 30%. Os contribuintes que não pagam o IPTU entram na dívida ativa, são notificados e podem ter o nome incluído na lista de inadimplentes do SPC. Atualmente, 1334 pessoas têm abatimento no IPTU, desde descontos até isenção. Além disso, 5.093 terrenos do total de 8.654 cadastrados têm muro e calçada e seus proprietários garantem desconto de 50% na alíquota do valor venal.

“O IPTU é uma das principais fontes de receita livre da Prefeitura, ou seja, pode ser aplicado em qualquer área e geralmente garante obras de saúde, educação, habitação e infraestrutura”, explica o servidor. Quem ainda tem dúvidas sobre o IPTU 2019 pode entrar em contato pelo telefone (44) 3619-6276 ou pelo e-mail [email protected]