Esportes

Cianorte escorrega em Curitiba e agora precisa de vitória

["Como capit\u00e3o, Richarlyson perdeu um p\u00eanalti e diminuiu as chances do Cianorte ","",""] (Foto: ASSESSORIA CIANORTE FC)

O Cianorte não conseguiu os três pontos na quarta rodada da Taça Caio Júnior do Paranaense, disputada em Curitiba, no sábado (17), e está fora da zona de classificação para as semifinais. Para se garantir na próxima etapa, o Leão precisa vencer o Foz do Iguaçu em casa, nesta quarta (20), e ainda torcer por uma vitória do Paraná Clube contra o Maringá.

Com o resultado negativo, o Cianorte manteve os sete pontos e foi ultrapassado por Paraná, que venceu o Foz e chegou aos 10 pontos, e Maringá, que ganhou do Cascavel e chegou a nove. Se o Leão vencer na próxima rodada e o Maringá também, o critério de desempate será o saldo de gols. Caso o Cianorte vença e Maringá e Paraná empatem, o critério de classificação também será o saldo de gols. Para não depender de ninguém, o Leão precisa vencer o Foz por três gols de diferença. A vitória também garante vaga na Série D de 2019.

O jogo da quinta rodada do Paranaense será nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio Albino Turbay.

PENÚLTIMA RODADA

Em Curitiba, no sábado, Cianorte e Coritiba fizeram uma partida equilibrada no primeiro tempo. A primeira chance clara de gol só veio aos 23 minutos, quando Rafael Xavier levantou da esquerda, Neto Costa cabeceou firme e o goleiro Wilson salvou o Coritiba. A equipe alviverde respondeu com Pablo, no minuto seguinte, mas a bola também parou no goleiro. Aos 36 minutos do primeiro tempo, Richarlyson cruzou rasteiro da esquerda, Léo Andrade tentou tirar e acabou tocando na bola com o braço. O volante cobrou o pênalti e bateu no canto direito, possibilitando a defesa do goleiro Wilson.

Depois do pênalti perdido o Cianorte voltou mais desanimado para o segundo tempo e o Coritiba conseguiu marcar com ajuda do goleiro João Gabriel. Aos dois minutos, após cobrança de escanteio, o goleiro se atrapalhou e acabou jogando a bola para dentro do gol, marcando contra. O Cianorte voltou a assustar a partir dos 20 minutos e incomodou o Coritiba, que se segurou com as defesas de Wilson. O Coxa ainda perdeu a chance de ampliar o placar aos 39 minutos, com Yan Sasse, sozinho de frente para o gol, mas o atacante chutou por cima.

O Cianorte já voltou a treinar nesta segunda e nesta terça deve acertar a parte tática para o próximo jogo. Para o técnico Marcelo Caranhato, o importante é ter consciência da responsabilidade da partida contra o Foz. “Nós fizemos um ótimo jogo contra o Coritiba, o que faltou foi eficiência na hora de fazer o gol e a gente já vem pecando nisso durante toda a competição. Mas não dá tempo para lamentar, esse jogo contra o Foz é de fundamental importância e define muita coisa dentro da competição, então a gente está se preparando da melhor forma possível e avaliando o desgaste dos atletas”, afirmou.

DUELO DE IRMÃOS

Filhos do jogador Lela, ídolo do Coritiba e campeão brasileiro em 85, Alecsandro e Richarlyson voltaram a se enfrentar na última rodada. Em um total de 12 jogos, Richarlyson leva a melhor, com seis vitórias; Alecsandro venceu quatro vezes e ainda houve dois empates.

Antes do jogo, os irmãos fizeram uma homenagem ao pai Lela, junto com o Coritiba. O clube entregou uma placa ao ex-jogador, que deu uma volta olímpica no campo e foi aplaudido pela torcida. (Com informações GE Paraná)

INGRESSOS

Os ingressos para o jogo já estão disponíveis por R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia na arquibancada coberta, R$ 10 no setor descoberto e R$ 30 para visitantes. Os pontos de venda antecipada são: Três Xodós, Bar da Bocha, Sport Mania e sede social do clube.