Cotidiano

Cianorte adere ao Fashion Revolution Week

Cursos de moda realizam atividades que repensam a indústria.
["Na edi\u00e7\u00e3o passada, os participantes aprenderam a fazer as pr\u00f3prias pe\u00e7as em oficinas","",""] (Foto: ARQUIVO PESSOAL)

Pelo segundo ano consecutivo Cianorte vai participar do movimento mundial que incentiva maior transparência, sustentabilidade e ética na indústria da moda, o Fashion Revolution. Na Capital do Vestuário, a programação começa nesta segunda-feira (23) e abrange três instituições de ensino de Moda: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Faculdade de Administração e Ciências Econômicas (Facec) e Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP).

Segundo a estudante de Moda da UEM, Bya Correa, embaixadora do movimento em Cianorte, “a ideia é mostrar o lado da moda que os consumidores não conhecem e incentivar a reflexão a uma indústria mais sustentável e humana”. O Fashion Revolution começou em 2013 e hoje está presente em 92 países.

A programação local começa na segunda-feira (23) e vai até quinta-feira (26), com a realização de oficinas e palestras, onde os alunos terão a oportunidade de conhecer marcas que usam a sustentabilidade para desenvolver seus produtos. O evento é direcionado a estudantes e profissionais de Moda, mas também é aberto ao público. No primeiro dia, os participantes terão um workshop de turbantes com as integrantes do projeto Amor em Flor, que confecciona peças para pacientes em tratamento de câncer no Hospital Oncológico de Umuarama.