Cotidiano

Chuva volta a Cianorte depois de 27 dias

Queda de temperatura registrada ontem deve persistir até o fim de semana em praticamente todo o estado
A aposentada Zenir Borges Martins saiu despreparada para enfrentar o friozinho (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

As massas de ar frio voltaram ao Paraná no fim de semana para fazer jus à estação mais fria do ano, que começou em 21 de junho. Em Cianorte, o tempo começou a mudar na noite de domingo (8) e a temperatura despencou mais de 10 graus até a tarde de segunda-feira (9). A chuva também voltou à cidade, depois de quase um mês de estiagem, mas o volume foi tão pequeno que nem chegou a ser registrado na estação meteorológica do Simepar.

De acordo com os dados do instituto, não chovia em Cianorte desde o dia 12 de junho, quando o volume foi de 30,8 mm. O período de seca já vem se estendendo na região desde abril. No mês passado, o acumulado de chuvas foi de 54,6 mm e ficou bem abaixo da média histórica, que é de 83,9 mm. A tendência é que a umidade melhore este mês, com a chegada das massas de ar polar. A média histórica de julho na região é de 97,4 mm de chuva.

A mudança no tempo não agrada muita gente. Para o empresário Pedro Paulo Pasquini, que tem uma distribuidora de chopp, o frio não é bom em nenhum quesito. “Particularmente eu já não gosto do frio e financeiramente menos ainda. Nessa época do ano minhas vendas chegam a cair até 50%. Com chuva é ainda pior”, explica. Ele foi um dos poucos que se preparou para a queda de temperatura e foi trabalhar de touca durante a tarde.

A aposentada Zenir Borges Martins não esperava a chegada do frio e acabou se agasalhando pouco, como a maioria das pessoas que saíram de casa na tarde desta segunda. “Eu vim para o centro comprar algumas coisas e estou passando frio com a blusa que coloquei. Quase me arrependi e voltei para casa para trocar de roupa. Eu detesto frio.”

PREVISÃO

Segundo o Simepar, a temperatura deve cair ainda mais nos próximos dias. A mínima prevista para terça (10) e quarta-feira (11) é de 7 graus; na quinta-feira (12) a previsão é de 6 graus e na sexta (13) os termômetros podem chegar aos 5 graus. Já a chuva vai embora durante a semana e está prevista para voltar apenas no sábado (14), quando a temperatura volta a subir. 

A onda de frio veio influenciada por uma massa de ar polar que chegou ao Sul do Brasil vinda da Argentina. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, ela deve avançar e atingir também o Sudeste, parte do Centro-Oeste e até os estados de Rondônia e do Acre. Os ventos podem ficar mais intensos, principalmente no Sul e no Sudeste, podendo atingir de 80 a 90 km/h, devido a possível formação de um ciclone extratropical sobre o Oceano Atlântico.

Há previsão de geadas moderadas para os municípios próximos de Palmas e Pato Branco e geadas leves entre Cascavel, Guarapuava e na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo o Alerta Geada do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), não há condições favoráveis à formação de geadas na zona cafeeira do estado. (Com informações Paraná Portal)