Esportes

CAFE conquista quarto título paranaense de futsal feminino

Após o jogo, um desentendimento entre as atletas terminou em agressão; clubes emitiram notas de repúdio
Atletas receberam medalhas e o troféu em Telêmaco; comemoração com a torcida cianortense ainda será agendada (Foto: DIVULGAÇÃO CAFE FUTSAL )

Nesta segunda-feira (4), a equipe do Baterias Júpiter / Unipar / C.A.F.E foi a Telêmaco Borba disputar o segundo jogo da final do Campeonato Paranaense de Futsal Feminino – Série Ouro contra o Bobig Gavis/ ATB/ Telêmaco Borba. As cianortenses tinham a vantagem do empate e venceram por 3 a 2, garantindo o título estadual fora de casa.

Segundo o técnico Cleverson Santana, o jogo foi digno de uma final. “Jogamos muito bem, até parecia que lá era nossa casa e nossa equipe estava bem na partida e se manteve sempre à frente do placar, mas o jogo foi equilibrado e com belas chances para os dois lados”, avaliou.

No primeiro tempo, a ala Jane, recém-chegada da seleção brasileira, abriu o placar para o CAFE, mas a equipe tomou o empate com um gol de Rarine. Em seguida, Vanessa virou para o time de Cianorte e no final do segundo tempo Rarine novamente empatou, deixando o placar em 2 a 2.  Na segunda etapa, Ângela fez o terceiro gol e com isso Telêmaco teve que subir com goleiro linha para tentar vencer, mas a equipe do CAFE conseguiu neutralizar o ataque adversário e garantir a vitória.  

CONFUSÃO

No final do jogo, uma confusão tomou conta da quadra e algumas atletas foram agredidas. Não se sabe como o conflito começou, mas policiais que estavam no ginásio tiveram que intervir para acabar com as brigas.

Um torcedor gravou um vídeo em que é possível ver uma das atletas do Telêmaco atingindo a adversária com uma “voadora”. Depois disso, integrantes das duas equipes trocam agressões, enquanto membros das comissões técnicas tentam separar.

A Associação Desportiva de Telêmaco Borba (ADTB) e o CAFE Futsal emitiram notas repudiando o episódio.

O técnico Cleverson Santana lamentou o ocorrido: “Foi muito triste, isso traz negatividade a qualquer modalidade esportiva. Algumas atletas de Telêmaco usaram de violência após o término do jogo e com isso a torcida quebrou a grade e invadiu a quadra. É fato lamentável, sofremos várias agressões físicas na casa adversária”.

Em nota, o CAFE informou ainda que “o motivo da briga se iniciou no dia 24 de julho, quando a equipe cianortense perdeu em casa o time de Telêmaco Borba pelo placar de 3 x 2. Na ocasião, o treinador Adversário teria postado uma foto com suas atletas colocando o C.A.F.E Futsal no seu bolso e a partir dessa provocação, alimentou raiva entre as demais atletas. Somos a favor da ética esportiva e profissional no meio esportivo e torcemos para que isso não se repita e que os responsáveis sejam penalizados nas conformidades da lei”.