Variedades

Bares são alvo da Semana de Arte e Educação em Cianorte

A Semana de Arte e Educação que antecede a Virada Cultural começa em Cianorte com alguns bares recebendo intervenções culturais e blitzs educativas. O objetivo é ajudar na campanha de conscientização por um trânsito mais seguro. Este ano já foram registradas cerca de 27 mil infrações de trânsito em Cianorte, e, de acordo com o Detran, mais de 300 pessoas foram flagradas dirigindo sem carteira de habilitação.

A programação, com temas relacionados a trânsito e mobilidade, é feita numa parceria do Governo do Paraná com as prefeituras dos 11 municípios que serão sedes da Virada Cultural. O trabalho é coordenado pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e Secretaria Estadual da Cultura e com apoio SESI-PR, SESC-PR.

Serão mais de 200 atividades, como caminhadas, apresentações de teatro, oficinas de arte urbana, demonstrações, palestras, exposições e blitze educativas. Cada cidade desenvolve uma agenda especial, de acordo com o perfil da população e os tipos de infrações de trânsito mais cometidas.

 “Queremos, com educação para o trânsito, mudar o comportamento do cidadão paranaense. Temos investido nas diversas formas de educação e de expressão cultural, para fomentar a reflexão sobre o assunto”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

As oficinas de estêncil arte, por exemplo, devem produzir onze painéis, um em cada cidade, com tamanho aproximado de 12x10 metros, com o tema trânsito. As inscrições são gratuitas e estão abertas em Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa, São José dos Pinhais e Toledo.