Região

Balsa que atingiu ponte do rio Ivaí deve ser retirada nos próximos dias

A balsa está atracada na ponte desde segunda, quando o nível do rio subiu com as chuvas (Foto: Oséias Miranda)

Na quarta-feira (7), uma equipe de engenheiros esteve na ponte do Rio Ivaí, que liga Cianorte a Maringá, para analisar a situação de uma balsa que se chocou no local, na última segunda-feira (5). A balsa possui um guindaste e estava sendo utilizada na obra de construção de outra ponte, na PR-317, entre Engenheiro Beltrão e Floresta. A estrutura estava presa por cabos de aço na margem do rio. As fortes chuvas que caíram na região nesta segunda provocaram o desprendimento da balsa, que se deslocou por oito quilômetros no rio e bateu na ponte.

Nesta quarta (7), os engenheiros avaliaram como será feita a retirada da estrutura, que tem mais de 100 toneladas. Segundo a assessoria de imprensa da Viapar, a balsa deve começar a ser desmontada ainda nesta quinta (8), mas o processo todo deve levar mais alguns dias.

Uma equipe da Marinha está a caminho para supervisionar os trabalhos de remoção. Ainda segundo a Viapar, a balsa terá que ser desmontada no local, pois não será possível levá-la de volta à margem do rio, onde estava inicialmente. O início dos trabalhos será possível com a normalidade do nível do rio Ivaí.

ACIDENTE

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), não houve danos no local nem registro de feridos. Por meio de nota, a Superintendência Regional Noroeste do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) informou que está em contato com a empresa responsável pela embarcação, Veríssimo Serviços de Fundações e Engenharia, e se prontificou a auxiliar em qualquer intervenção que possa ser necessária.

O órgão também afirmou que a rodovia não precisou ser interditada e o tráfego está funcionando normalmente.

Nossa reportagem entrou em contato com a Veríssimo Serviços de Fundações e Engenharia, mas fomos informados de que o engenheiro responsável estava viajando e não recebemos retorno até o fechamento da edição.