Cidades

Atendidos pelo ‘Família Paranaense’ se preparam para atuar no atacado e varejo

Curso oferecido pela Secretaria da Justiça e Trabalho em parceria com o CIEE formou 30 pessoas
(Foto: ASSESSORIA PMC )

Uma boa formação é requisito básico para ingressar no mercado de trabalho. Ciente disso, a Prefeitura de Cianorte, por meio da Secretaria de Assistência Social, empenha esforços para realizar com frequência capacitações que oportunizem a inserção de pessoas desempregadas nesse ambiente. A última delas aconteceu durante o mês de setembro e teve a entrega de certificados na tarde dessa quarta-feira (02), na Estação do Ofício. O curso na área de comércio, voltado para o atacado, varejo e supermercados, foi ofertado em parceria com a Secretaria Estadual da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Foram quatro encontros semanais de quatro horas, cada. “Neles, os alunos aprenderam conteúdos como: técnicas de exposição, organograma, layout e controle de estoque, aplicados ao atacado e ao varejo com ênfase no ramo de supermercados através de aulas expositivas, intercaladas com dinâmicas”, explicou o instrutor da formação, Daniel Eduardo Santato, “Todos estão preparados para procurar um emprego na área e se saírem bem”, completou. No total, 30 pessoas, com idades acima de 14 anos, concluíram a formação. A maioria delas são atendidas pelo programa Família Paranaense, do Governo do Estado.

Durante a entrega dos certificados, a secretária de Assistência Social, Marlene Bataglia, parabenizou os participantes e frisou a importância atribuída pelo Poder Público a oportunidades como essa. “O conhecimento é a chave para alcançarmos resultados brilhantes e é por isso que a atual administração faz questão de promover a capacitação profissional”, pontuou. Também participaram desse momento o vereador Victor Hugo Davanço; a diretora da Estação do Ofício, Maria Cristina Bertoli; a chefe do Escritório Regional da Secretaria Estadual da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Adriana Macedo Águila; a coordenadora setorial da Proteção Social Básica, Maria Zélia Pietraróia; e o coordenador do CIEE, Vagner Marciliano Pereira.