Economia

Quarta fase de pagamento das contas inativas do FGTS é antecipada

A Caixa vai liberar o saque para os nascidos em setembro, outubro e novembro
A terceira fase de saques do FGTS provocou filas nas agências locais (Foto: Heloiza Vieira/Tribuna)

Os pagamentos das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para os nascidos em setembro, outubro e novembro começam neste sábado (10). Inicialmente, a quarta e penúltima etapa dos saques estava prevista para começar no próximo dia 16. Nesta etapa, 7,5 milhões de brasileiros podem sacar o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal.

CIANORTE

Em Cianorte, as agências da Caixa vão abrir no próximo sábado (10), das 9 às 15 horas. O atendimento será exclusivo para saques de contas vinculadas ao FGTS, dúvidas sobre os pagamentos, acertos de cadastros dos trabalhadores e senhas do Cartão Cidadão.

Na próxima semana, as agências também vão abrir duas horas mais cedo. Nos dias 12, 13 e 14 de junho, o atendimento começa às 8 horas e será exclusivo para os pagamentos de contas inativas do FGTS.

CRONOGRAMA

A liberação do dinheiro das contas inativas teve início no dia 10 de março e vai até 31 de julho, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. A última fase dos saques, voltada às pessoas nascidas em dezembro, começa no dia 14 de julho.

QUEM TEM DIREITO

Podem sacar o FGTS os trabalhadores que possuem saldo em uma conta inativa - que deixa de receber depósitos da empresa por fechamento ou rescisão do contrato de trabalho - até 31 de dezembro de 2015. Os trabalhadores devem estar afastados do emprego a que a conta inativa está vinculada pelo menos desde o fim de 2015. Não é permitido sacar o FGTS de contas ativas, ou seja, que ainda recebem depósitos do empregador atual.

DOCUMENTOS

Para sacar o FGTS em uma agência da Caixa, é necessário levar o número de inscrição do PIS/PASEP, documento de identificação e comprovante de finalização do contrato de trabalho.

Em Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas, valores até R$ 3000 podem ser retirados apresentando documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e senha.

Nos terminais de autoatendimento, valores até R$ 1500 podem ser retirados com a senha do Cartão Cidadão e valores até R$ 3000 com Cartão do Cidadão e senha. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Caixa)