Educação

Professora incentiva leitura com práticas de ensino diferenciadas

 Os alunos do sexto ano da Escola Estadual Professor Léo Kohler, de Terra Boa, têm atividades práticas a cada novo conteúdo
A professora se vestiu de bruxa para contar a história para os alunos (Foto: Arquivo pessoal)

A última pesquisa encomendada pelo Instituto Pró-livro, em 2015, mostrou que 44% da população brasileira não lê e 30% nunca comprou um livro. Pensando nessas estatísticas e na importância do incentivo da leitura entre as crianças, a professora Zulmira Aparecida Figueiroa desenvolve atividades práticas para ensinar língua portuguesa e literatura. Depois de trabalhar com o ensino de jovens e adultos e com a inclusão de pessoas com deficiência, na Apae, este é o primeiro ano em que a professora está lecionando para uma turma de sexto ano, com crianças entre 10 e 11 anos.

Os alunos da Escola Estadual Professor Léo Kohler, em Terra Boa, já participaram de contações de histórias, teatros de fantoches e outras atividades diferente do ensino comum da disciplina. “Eu vou adaptando os conteúdos e pensando em atividades que incentivem o gosto pela leitura e pela escrita. Trabalhei variação linguística com teatro de fantoches, por exemplo, também fiz adaptações de histórias com sotaque brasileiro e agora vou trabalhar poesia com produção de livrinhos de literatura de cordel”, explica a professora.

Em março deste ano, Zulmira promoveu uma contação de história aos 30 alunos do sexto ano caracterizada de bruxa. “Usei a caracterização para instigar a imaginação dos alunos. Eu contei a história da Bruxa Salomé e pedi uma produção de texto com a presença da personagem na história. O resultado foi muito legal, eles interagiram durante a contação e cumpriram a proposta de texto”, conta.

Segundo a professora, as atividades buscam usar a língua portuguesa como discurso de prática social. “Eu percebo que os alunos quase não leem, então instigar a leitura e a escrita é fundamental”, observa.

OBRA

Zulmira também é escritora e tem o romance “Portas do Silêncio” publicado pela Editora All Print. O livro foi lançado em 2015 e mistura drama, mistéro e amor, segundo a autora. A obra é ambientada no Paraná e está disponível para venda nas livrarias de Cianorte e pela internet. Zulmira estará presente na 2ª edição da Festa Literária de Cianorte (Flicia), que será realizada entre 20 e 23 de junho.