Educação

Crianças da rede municipal participam de atividades sobre trabalho infantil

Mais de 700 alunos da rede municipal de ensino de Cianorte assistiram ao espetáculo “Doce Infância”, encenado pelo Grupo Sou Arte.
Os palhaços abordam o tema com linguagem adequada e procuram capacitar as crianças para eventuais denúncias (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA )

Nesta terça-feira (13), mais de 700 alunos da rede municipal de ensino de Cianorte assistiram ao espetáculo “Doce Infância”, encenado pelo Grupo Sou Arte. A peça foi apresentada no ginásio de esportes do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) de Cianorte a crianças de quarto e quinto ano, com o objetivo de conscientizá-las sobre o combate ao trabalho infantil. O teatro também foi exibido para os alunos da rede municipal em Vidigal.

Pela manhã, profissionais da saúde, educação, assistência social e do Ministério Público participaram de uma palestra sobre a temática com o promotor de Justiça do Trabalho de Umuarama, André Vinícius Melatti. Os participantes também prestigiaram apresentações de projetos extracurriculares realizados pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), que oferecem atividades educativas às crianças e contribuem no combate ao trabalho infantil.

A professora e diretora da Escola Municipal Leomar Gomes, Edileuza de Souza Reis, destacou a importância de lidar com o assunto de forma lúdica. “Na encenação eles mostram crianças brincando e depois sendo chamadas a trabalhar por alguém da família. De forma simples, eles explicam que lugar de criança é na escola e não no trabalho”, comenta.

As atividades fazem parte da programação organizada pela Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Cianorte em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado em 12 de junho. Na segunda-feira (12), alunos de outras escolas municipais de Cianorte e São Lourenço também assistiram à peça.

Segundo a secretária de Assistência Social, Marlene Bataglia, “o objetivo é colocar em prática novas estratégias que visem a mudança nos valores que fundamentam a permanência de situações de trabalho infantil, por meio da sensibilização da sociedade, com o aprimoramento da identificação de crianças e adolescentes em situação de exploração”. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Cianorte)