Brasil

Delegacia Eletrônica do PR completa um mês com 6,6 mil ocorrências

03/10/2011 às 16:30 - Atualizado em 20/08/2014 às 17:24

A Delegacia Eletrônica do Paraná completou um mês com o registro de 6.684 ocorrências de perda ou extravio de documentos, aparelhos eletrônicos e cartões de créditos, além de denúncias. Desse total, 4.256 se transformaram em boletins de ocorrências. O número de denúncias foi 244.

“O que ficou de fora são as ocorrências que não eram da alçada da Delegacia Eletrônica ou pedido de informações”, explicou o coordenador de Informática da Polícia Civil, Eduardo Marcelo Castella.

Os resultados desse primeiro mês foram considerados positivos e superaram as expectativas. “Poderíamos atingir esse número em seis ou oito meses. Estamos à frente de muitos outros Estados que já tinham a Delegacia Eletrônica”, informou Castella. Ele disse ainda que delegados afirmaram terem sentido redução do fluxo de pessoas nas delegacias.

O extravio e perda de documentos não são considerados crimes, mas tomam muito tempo da polícia. Apesar disso, precisam ser registrados porque servem de banco de dados para as autoridades de segurança. Em Londrina, o delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial, Márcio Amaro, disse em entrevista ao JL em setembro que esse tipo de ocorrência ocupa 60% do tempo dos policiais.

Castella não soube informar quantas dessas ocorrências registradas pela internet foram encaminhadas para a delegacia de Londrina. Segundo ele, a população aceitou muito bem o novo sistema. “Nos primeiros 40 minutos, tivemos mais de 70 acessos. Muitas pessoas que até então não tinham ido a uma delegacia passaram a utilizar esse recurso”. Delegacia Eletrônica registra uma média de 220 ocorrências por dia.

Ele orienta para que as pessoas que utilizarem o serviço configurem a caixa de correio eletrônico para desbloquear spam. De acordo com Castella, muitas mensagens também voltam porque o e-mail está lotado. O usuário precisa ficar atento ao recebimento de duas mensagens da Delegacia Eletrônica.

“A primeira informa que a ocorrência foi recebida e está em análise e a segunda é enviada com informações para imprimir o BO”, explicou. Se a ocorrência não é de responsabilidade da Delegacia Eletrônica ou se a pessoa pediu apenas informações, uma mensagem é enviada com esclarecimentos sobre como o usuário deve proceder.

A reportagem está tentando contato como delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial, Márcio Amaro.

Serviço: O endereço da Delegacia Eletrônica é www.delegaciaeletronica.pr.gov.br 

(Com informações Gazeta Maringá). 

Publicidade
Publicidade
Imagem do Dia

Bares de Cianorte aderem programação especial para o Halloween

Publicidade